O número de pessoas interessadas em cirurgia plástica íntima tem crescido no Brasil. Nos primeiros oito meses de 2013 o site Cirurgia.net recebeu 1.860 pedidos com informações sobre esses procedimentos, um crescimento de 220% em relação ao ano anterior.

O dado mostra a insatisfação de homens e mulheres com suas partes íntimas. Até mesmo modelos e atrizes já recorreram a estes procedimentos e ajudaram a divulgar estas cirurgias no país (Confira abaixo a lista de famosas que já fizeram cirurgia íntima).

De acordo com o site Cirurgia.net as cirurgias plásticas íntimas mais buscadas são a  labioplastia, a himenoplastia, o aumento do pênis e a retirada de excesso de gordura do púbis.  Outra cirurgia íntima que tem muita procura é a hipertrofia grave dos pequenos lábios, isso é, quando os pequenos lábios e o clitóris aumentam significativamente de tamanho.

As modelos Andressa Urach e Geisy Arruda fizeram a correção da hipertrofia dos pequenos lábios. Acredita-se que uma a cada 1000 mulheres tenham os pequenos lábios aumentados. Isso acontece por fatores genéticos e até mesmo pelo uso de anabolizantes.

A reconstrução di hímen  e o rejuvenescimento vaginal também levam muitas mulheres até as clínicas. A modelo britânica Katie Price resolveu rejuvenescer suas partes íntimas depois que teve o terceiro filho e a brasileira Ângela Bismarchi resolveu ficar virgem novamente quando se casou pela segunda vez.

A procura por essas cirurgias é tanta que esse tipo de procedimento médico já é o quinto mais realizado no país. “Considerando os mais de 28 mil contatos de pacientes enviados através do portal, a cirurgia íntima ocupa o 5º lugar no ranking dos tratamentos mais buscados, perdendo apenas para abdominoplastia, redução de mama, rinoplastia e otoplastia”, diz a assessoria do site especializado em cirurgia plástica.

A região íntima é bastante delicada, mas de acordo com o cirurgião plástico Allan Bernacchi as cirurgias íntimas são simples, bem toleradas e muitas são feitas apenas com anestesia local. “A paciente pode ir para casa no mesmo dia e voltar ao trabalho no dia seguinte. A principal particularidade, nesses casos, é o resguardo sexual, que pode chegar a 40 dias”, diz o médico.

Confira a lista de famosas que já realizaram cirurgias íntimas